Adeus Russo! Morre aos 85 anos o ex-assistente de palco Russo



Conhecido como Russo, Antônio Pedro de Souza e Silva, foi um famoso ajudante de palco da Rede Globo, desde os tempos do Cassino do Chacrinha, quando fantasiava-se constantemente.



O começo de Russo na TV


Já os 7 anos, bebia vinagre puro só para ganhar apostas e poder ajudar sua família de 12 pessoas. Adolescente, ajudava com microfones na rádio Tupi durante o dia e, de noite, fazia bico como trapezista de circo. Isso até os 14 anos, quando perdeu todos os dentes ao cair de cara na borda do picadeiro.

Em 1965, à convite de Abelardo Barbosa, o Chacrinha (1917 - 1988), Russo saiu do anonimato e virou um animador de plateia de destaque na Globo, no ar até a década de 1990.

Depois, trabalhou em programas do Faustão, da Xuxa, entre outros. Apesar da idade e da aposentadoria, Russo trabalhava na produção de três programas: TV Xuxa, Estrelas e Caldeirão do Huck.

Russo tinha um sonho: 'Vou morrer na Globo'.


Em 2013 aos 82 anos e com a memória frágil, Russo dizia: 'Vou morrer na Globo'. Em entrevista ao EXTRA, a saúde mental de Russo já dava sinais. Ao comentar sobre a cadela vira-lata sua memória o traiu "Essa aí foi o Chacrinha que me deu", mas logo foi corrigido pela mulher Adriana: "Chacrinha já morreu faz tempo. Essa foi presente do nosso amigo Sérgio". 

Esperto e ativo, Russo logo contornou a situação fazendo graça "Sou bom em levar microfone para as pessoas. Para dar entrevista sou muito ruim. Estou nervoso", avisou ele. 


Na imagem: Russo de camisa social dentro da calça e chapéu panamá para ficar bonito nas fotos em entrevista ao Extra


Russo é afastado da TV Globo


A emissora não tinha da mesma reciprocidade e em 2014 Russo desabafou após ser demitido da Globo:Demitido da TV Globo desde março de 2014, Russo ficou em depressão e não se conformava com o fato de não poder mais trabalhar, tendo prestado serviços como assistente de palco por 46 anos, mesmo após ter se aposentado.

A decisão foi tomada pela emissora, já que ele não tinha mais condições físicas de trabalhar. “Pelo Russo, ele morreria lá”, disse Adriana Mello, esposa do contrarregra[8]. No entanto, mesmo sem contrato, Russo continua recebendo apoio da ex-empresa, principalmente na fase em que está isolado e sem “ânimo para nada”. “Eles foram um pouco generosos, e até ofereceram psicólogo, mas o Russo não quis”, explicou Adriana.


Russo sofre AVC


No final de 2015 Russo sofre um AVC no Rio. O ex-assistente de palco foi internado após sofrer um AVC. Em junho daquele mesmo ano, ele já havia sofrido um AVC.

Russo sempre foi lutador, poucos sabiam, mas setembro de 2011 ele foi internado sentindo fortes dores no peito. Submetido a uma cirurgia teve 05 pontes de safena implantadas no coração.


Morte de Russo


 No dia 28 de Janeiro de 2017, o Hospital de Clínicas Mário Lione, em Duque de Caxias/RJ, divulgou sua morte por falência múltipla dos órgãos devido a complicações decorrentes de infecção pulmonar.





Tecnologia do Blogger.