Ex-atriz do SBT acusa Silvio Santos e Carlos Alberto de Nóbrega de assédio


Neide Ribeiro, de 68 anos, tem um longo passado no SBT e falou ao blogueiro Paulo Sampaio, do UOL. A atriz, que já foi assistente de palco de Silvio Santos, revelou detalhes da época em que trabalhou no SBT e por muitos anos teve contato diário com o dono do SBT

"Ele cantava todas, não escapava uma. Um dia, eu disse: 'Silvio, se você me der uma cobertura nos Jardins, eu vou pra cama com você'. Eu sabia que ele era miserável, não me daria coisa nenhuma", confessou Neide.

A ex-assistente entregou que o patrão tinha uma característica nada agradável. "Não, não. Deus me livre! O homem tinha um bafo… Sabe aquele cheiro azedo de cabo de guarda-chuva? Ele vinha falando, eu ia de ré"



Sobrou também para o apresentador Carlos Alberto de Nóbrega, a quem Neide acusou de assédio, após um evento no interior.

"Depois da apresentação, que foi em um fim de semana, ele passou a noite ligando para o meu quarto no hotel. Até que, uma hora, bateu à minha porta. Eu abri, disse que não gostava dele, não ia transar com ele, mas se ele quisesse pagar nem me lembro a quantia, chutei muito alto para não correr o risco de ele aceitar, eu o deixava entrar no meu quarto. Falei gritando, malcriada. Ele olhou para a minha cara sem acreditar e foi embora", disse.

Pouco depois do episódio, ela foi dispensada da emissora, segundo a própria afirma. "O pior é que todo mundo fala dele como se fosse um amor de criatura. Aquilo é um velho babão desgraçado. Passou aquela 'A Praça é Nossa' toda na cara. E ainda oferecia para o filho. As coitadinhas ficavam com medo de perder o emprego", disparou a atriz.

Hoje Neide é casada e vive uma vida confortável. Muitos anos da carreira da artista foram dedicados ao cinema erótico e as pornochanchadas, muito populares no Brasil.

A assessoria de Silvio Santos não comentou as declarações da atriz. A equipe de Carlos Alberto, entretanto, negou as acusações e garantiu ter respeito por Neide.

Tecnologia do Blogger.