Menina atacada por leão-marinho no Canadá está infectada por bactéria


Menina mordida por leão-marinho está infectada por bactéria

A história do vídeo viral da semana passada, em que uma criança era mordida por um leão-marinho e arrastada pela água, não terminou. A protagonista, que foi resgatada por um homem que se encontrava no cais da cidade canadense de Richmond, atualmente se encontra internada recebendo um tratamento específico para combater uma bateria que é "potencialmente mortal".

No vídeo, após ser resgatada, é possível ver menina caminhando sem problemas. Mas pouco depois, o ferimento causado pelo animal infeccionou e ao consultar um biólogo, a família foi informada que leões marinhos e focas possuem grande quantidade de bactérias nocivas. O especialista encaminhou a menina para um centro médico, onde ela passa por tratamento.

O pai da menina disse à TV NBC que a infecção é conhecida como “dedo de foca”, que é causada pela presença uma bactéria cujo nome científico é mycoplasma phocacerebrale, que se não for combatida com os antibióticos adequados pode gangrenar a região e provocar amputação, ou até mesmo a morte do paciente.


Menina é puxada para água por leão-marinho; assista

Menina é puxada para água por leão-marinho; assista Apesar do susto, garota deixou o mar sem ferimentos Compartilhe:FacebookTwittergplus
Uma menina passou por um grande susto em Richmond, cidade da Colúmbia Britânica, no Canadá.

Sentada na beirada de um píer, a garota foi puxada para a água por um leão-marinho de forma violenta. O animal teria sido atraído por algumas migalhas de pão que estavam sendo jogadas pelos visitantes do local, quando mordeu o vestido da garota e a jogou na água. Veja abaixo.

A cena foi gravada por um estudante que estava no local e disse que a família ficou em estado de choque com o acontecido.

Um homem pulou na água rapidamente e evitou que a menina se afogasse. Ela saiu sem ferimentos.



Tecnologia do Blogger.